IEP mantém conceito “A” em indicador de situação previdenciária

Data de Publicação: 06/09/2022 13:10

O Instituto Erechinense de Previdência (IEP) conquistou, pelo segundo ano consecutivo, conceito “A” no Indicador de Situação Previdenciária (ISP-2022), divulgado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia. A classificação foi determinada com base na análise dos indicadores relacionados à gestão, transparência, situação financeira e atuarial dos mais de dois mil Regimes Próprios de Previdência Social em atividade no Brasil.

Na avaliação do Diretor-Presidente do IEP, Renato Alencar Toso, a indicação é resultado de uma gestão forte, comprometida e plural no IEP, tendo a participação da Unidade Gestora, com seus diretores e servidores, extensivo aos Conselhos de Administração, Fiscal e Comitê de Investimentos, além da presença do Executivo Municipal que mantém repasses em dia, sintonia de ações e permanente diálogo com o Instituto.

Conforme a Secretaria de Previdência, o ISP é um instrumento que permite aos segurados e à sociedade acompanhar a situação administrativa, financeira e a gestão de cada RPPS, bem como possibilita que seus gestores melhorem estratégias para buscar resultados cada vez melhores. Com o resultado de 2022, o IEP de Erechim se mantém em posição de destaque nacional, pertencendo ao grupo de apenas 28 RPPSs que obtiveram conceito “A”, no total de 2.144 ativos no País.

“Nosso Instituto tem colunas centrais, que são a transparência e capacitação, com olhar ampliado para o horizonte previdenciário. Se fosse possível definir a maior missão do IEP, no mesmo patamar estão o zelo pelo recurso público (com cuidados e medidas legais na ótica presente e futura) e o respeito máximo às normas e regulamentos na concessão/manutenção dos benefícios previdenciários”, aponta Renato Toso.

O atual ISP-RPPS está regrado pela Portaria SPREV nº 14.762/2020 e busca conferir visibilidade aos sistemas de previdência dos servidores públicos, fornecer critérios mais objetivos de comparação entre os entes federativos e maior controle social da situação de cada Regime Próprio.

Os dados e resultados do ISP-2022 podem ser conferidos no site do Ministério da Economia, onde é possível consultar de forma detalhada a sistemática de cálculo do indicador.

Ainda, como elemento de força para a manutenção no conceito “A” do ISP-2022, fica destacada a recente Certificação Institucional do IEP no Nível 2 do Pró-Gestão – Programa de Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social, que mede a capacidade de gestão e modernização de sistemas previdenciários e estabelece, a partir de análise criteriosa, um ranqueamento nacional. O certificado foi conferido pelo Instituto de Certificação Qualidade Brasil (ICQ) que auditou presencialmente o IEP.

Autor:
Compartilhe esta notícia: